Família x escolha profissional

Família: nosso primeiro modelo de carreira profissional. Podemos não nos dar conta disso, mas a família é a nossa primeira grande influência na escolha profissional.

Na minha casa, eu tive uma grande influência: Minha avó foi professora, minha mãe foi professora e minha irmã mais velha também. Num primeiro momento escolhi a área de Administração, como fugindo dessa área educacional! Mas depois do casamento e dos filhos, decidi seguir a carreira do magistério! Pude acompanhar os estudos dos meus filhos pequenos e foi uma fase bem importante para mim e para eles. Descobri como a Educação tem seu impacto e decidi que era ali que queria continuar. Depois do curso de Administração, fiz Pedagogia e depois mais especializações nessa área. Não paramos de aprender nunca, não é mesmo?

Como pais criamos muitas expectativas sobre a escolha profissional dos filhos, muitas vezes depositando sobre eles algumas frustrações que tivemos e principalmente esperamos que eles não cometam os mesmos erros que nós!

Os pais só querem o melhor, querem ver filhos felizes e realizados, mas na conquista da liberdade e independência,  sempre temos um preço a pagar: o esforço, a dedicação e abrir mão de algumas coisas. Mas isso só vem com as experiências vividas, e nós pais, sabemos muito bem disso!

Costumo dizer para o jovem: "Escolher a profissão é a primeira grande decisão que você precisará tomar sozinho."

Nessa etapa, mais do que nunca seu filho precisa do seu apoio e compreensão, mas a decisão deve ser dele.

Quando minha filha mais velha foi prestar o vestibular, me disse com todas as letras: “Não vou estudar em uma Universidade Pública! Não quero fazer cursinho e estudar coisas que já aprendi e não vou usar mais!” E assim escolheu três universidades particulares, passou em duas e decidiu de acordo com os critérios que já tínhamos estabelecido: Qualidade, Reconhecimento, Valor da mensalidade e Localização.

Isso sim vale a pena conversar e discutir, mas como pais, devemos estar preparados para abrir mão do controle!

É uma nova etapa, que vai ser conquistada por ele, seu filho! Permita esse momento!

Aproveite também para falar sobre as habilidades e competências que seu filho tem, profissões que você acredita que podem ser boas oportunidades, mas lembre-se: A decisão pertence a ele.

Pode errar? Sim, faz parte do processo. Eu escolhi o curso de Psicologia e depois de seis meses, desisti. Fui fazer Administração. E depois Pedagogia. Conforme fui amadurecendo fui fazendo mais escolhas, pessoais e profissionais, fui construindo meu caminho.

Hoje quando falamos de carreira, falamos de “Life Design” – Escolhas que podem ser feitas ao longo da vida em toda a nossa trajetória.

Uma escolha nunca é definitiva, é apenas um passo nessa jornada!

Então planeje falar sobre a escolha profissional, sobre as carreiras, estudo e preparo. Esteja disponível para o seu filho tirar dúvidas e conversar.

Incentive, apoio e proporcione esse caminho de independência!

 

Faça parte da nossa Lista Vip
Invalid Input
Informe seu nome :)
Email invalido